sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

INSTRUTOR MEDIADOR

Nos dias 08/09/10/11/12/ e 13 de novembro de 2010 com carga horária de 48 horas, aconteceu o primeiro curso de Instrutor Mediador no estado do Paraná.
Foi maravilhoso, pois pude sanar todas as minhas dúvidas em relação ao meu trabalho com a Juliana. Como sou a primeira a trabalhar com surdocega em Maringá na rede estadual, não tinha muitas orientações a esse respeito. Tudo que fazia procurava por conta, ou relatava no meu diário particular, também pedia orientação a minha "orientadora" e amiga Maria Angela do CAP, onde ela indicava alguns livros e bibliografias para ler.
Acabei descobrindo que na verdade meu trabalho de GUIA INTÉRPRETE, é de Instrutor Mediador. A diferença entre essas profissões é que: a primeira intermeia por meio dos sinais (LIBRAS) o conteúdo para o surdocego que já tem esse conhecimento, o intérprete na realidade vai repassar o conhecimento. Já o Instrutor Mediador ele ensina o conteúdo, orienta algumas funções e realiza todas as estratégias possíveis para levar o conhecimento ao aluno. No meu casao:
O TADOMA
O BRAILLE
A LIBRAS
E O SINAIS TÁTIL.

Um comentário:

  1. PARABÉNS PELO SEU BELÍSSIMO TRABALHO BETINHA!

    ResponderExcluir